08/08/2016

Como fazer seu próprio Planner ou Bullet Journal

Que planner não está para os nossos bolsos nesses dias todo mundo sabe, o que a gente não sabe é controlar os gastos quando entra numa papelaria. Existem várias papelarias alternativas na internet e bem mais baratas do que as mais famosas, ainda sim, nossos queridos planners, bullet journals e outras coisinhas podem e saem caro. Por isso que vim aqui dar outras opções para você que quer ter o seu e ainda não pode comprar.

Entrando um pouco mais no mundo dos planners e da organização pessoal, quanto mais a gente usa, mais a gente entende o que é ou não necessário. Quantidade de folhas, espaços, linhas, listras. Então é super importante testar antes de se jogar de cabeça. Muita gente compra os planners caríssimos e não consegue se adaptar a ele. Acontece. Pra mim, a melhor maneira de começar é fazendo o seu próprio.

O post pode ficar um pouco confuso porque há alternativas variadas e muitas combinações, então lê com atenção e escolhe sua preferida.
Pra começar você pode usar uma agenda normal que tem em toda papelaria por um preço razoavelmente barato. O bom dessas agendas é que elas estão cada vez mais parecidas com planners, com espaços mensais, planejamentos financeiros e outros aspectos. Foi como comecei. Decorei a minha com um tecido divertido de Hora de Aventura e me planejava muito bem com ela, até que minha necessidade passou a ser outra.
Provável gasto: R$ 15,00 à 20,00
Foto: Pinterest
O mais amado é o fichário A5. Convenhamos que sempre o mais bonito é o mais caro, e com certeza é o que acontece aqui. Você pode comprá-lo e desenvolver o layout das folhas ou comprar um arquivo online e imprimir, que sai bem mais barato do que comprar as próprias folhas impressas. Também pode baixar da internet, vários blogs, inclusive esse que você está, disponibilizam freebies para planners. Procura o fichário em sites de outros países, até no Aliexpress, sairão por um preço menor do que no nosso país.
Provável gasto: R$ 50,00 à 60,00 (com as folhas impressas em casa e comprado no Aliexpress)
Foto: Grafatório
Usando aquela dica de cima de você mesmo imprimir suas folhas, nessa você vai fazer isso e também fazer sua própria encadernação. Tem muitos tutoriais incríveis na internet de como encadernar e seu planner ficará lindo! O complicado vai ser imprimir as folhas certinhas. Assista esse vídeo e saiba mais sobre a encadernação.
Provável gasto: R$ 10,00 à 15,00
Se você achou esse monte de costura da técnica acima muito difícil, eu mesma ensinei uma encadernação diferente e muito mais fácil. É a mesma dica que a acima, só que organizar as folhas vai ser muito mais fácil e a costura também. Clique aqui para assistir.
Provável gasto: R$ 10,00 à 15,00
Se você não sabe nem quer costurar nada, imprimir as folhas em casa e encadernar numa gráfica é a opção. Para mim, a mais bonita e barata. Só vai sair caro se você imprimir as folhas lá. A dois meses imprimi meu Blog Planner e só gastei com a encadernação porque o resto fiz em casa, então ele saiu por R$ 5,00! Paguei pela encadernação simples, mas há a wire-o que é uma mais bonitinha e não tão cara.
Provável gasto: R$ 10,00 à 15,00 (impressão em casa)
Para fazer um Bullet Journal você pode escolher qualquer opção de encadernação dada acima e apenas imprimir folhas pontilhadas ou quadriculadas. Se você não sabe o que é BUJO, clica nesse vídeo. Resumindo, é um método de organização que concentra tudo que você precisa em apenas um caderno, ótimo pra quem anota compromissos, lembretes, frases e inúmeras coisas em cadernos separados.
Provável gasto: R$ 10,00 à 15,00 (impressão em casa)
Se desejar, pode fazer como eu. Imprimi apenas a capa do meu BUJO, cortei folhas em branco e mandei encadernar. Essa coisinha linda da foto é onde me organizo todos os dias (quase). Preferi essa opção por poder decorar do jeito que quiser. Sem linhas sem regras. As vezes fica tudo feio, ainda sim, considero a minha melhor opção hoje. E como eu já tinha folhas em casa, só me custou R$ 3 reais.

Tenho certeza que ainda existem mil e outras maneiras de como montar um planner sozinha e só pesquisando muito e criando o seu pra descobrir qual a sua necessidade.

2 comentários:

  1. Adorei! Eu comecei com uma agenda mesmo, depois passei para o fichário (comprei uns artesanais LINDOSSS), mas agora que me senti mais segura comprei mesmo meus planners (um HP e uma Kikki K) e adorei, foi a melhor coisa que fiz na vida. De todo jeito, achei muito importante essa coisa da adaptação, sabe, fazendo meus planners caseiros aproveitando vários inserts disponibilizados na internet.

    Então, pra quem é iniciante e não sabe se vai adaptar, vale muito a pena começar assim =D. E se se adaptar, deve fazer o investimento, porque nada é capaz de pagar uma vida mais organizada =D

    ResponderExcluir
  2. Adoreei o post e o blog !


    www.sindromedoluxo.com.br

    ResponderExcluir

Adaptado por Isabelle Felicio

Tema Base por Butlariz