17 de setembro de 2016

Resenha | Harry Potter (1º ao 4º)

Conhecia Harry Potter apenas pelas pessoas que falavam sobre, nem sei quantos anos eu tinha. Minha mãe não me deixava assistir os filmes, que dirá me dar ou deixar que eu lesse os livros. Não lembro com que idade burlei as regras e assisti pela primeira vez, só sei que foi amor a primeira vista. A sorte é que deu tempo suficiente de pegar o último filme ainda pra ser lançado no cinema. Fui duas vezes, chorei pra caramba e choro até hoje.

Agora, com 21 anos, pude finalmente comprar (mentira, marido deu de presente, TE AMO) e é maravilhoso poder falar que estou amando ainda mais. O bom da leitura de qualquer livro é que eu vejo as cenas passando na minha mente, só que é ainda mais legal quando o livro tem filme porque assim os personagens já tem rostos, não é necessário imaginá-los, e a gente consegue imaginar tudo como se o filme tivesse sido gravado exatamente como está nas linhas. 

Estou amando descobrir coisas que eram perguntas pendentes na minha cabeça, coisas que eu chamo de cenas extras, porque não passaram no filme (mas eu obviamente sei que é o contrário). Agora mais que nunca eu admiro a criatividade da J. K. Rowling, só não mais que a do Masashi Kishimoto (criador de Naruto).

Li os primeiros quatro livros, e com certeza tem muito mais detalhes do que eu vou falar aqui, mas não queremos um post super longo. Ah, pra quem não leu os livros as coisas que vou contar aqui provavelmente serão spoilers.

Os dois primeiros livros não são tão diferentes assim do filme, apenas detalhes não tão importantes, como os olhos do Harry que são azuis no filme e verdes no livro. Li uma curiosidade a um tempo de que tentaram colocar lentes no ator, mas ele teve alergia, então foi olho azul mesmo. 
A Câmara Secreta já tem umas coisas a mais para contar, como o motivo do zelador (morro de pena dele) ser tão amargurado e odiar tanto os alunos, a Cho ser apanhadora da Corvinal no Quadribol. E se você como eu achava o Gilderoy irritante, pode acreditar, no livro ele é mais ainda. Sabe aquele Clube de Duelos que foi criado por ele? Então, é observando Snape desarmar Lockhart que Harry aprende a usar o feitiço expelliarmus.
Em o Prisioneiro de Azkaban já vamos começar a leitura rindo muito porque Rony resolveu usar o telefone e ninguém mais ninguém menos que o Sr. Dursley atende. Ele até poderia ter se passado por uma pessoa normal se não tivesse gritando ao envés de falar. Cedrico é apanhador da Lufa-Lufa. Não achei tanta diferença do filme pro livro, apenas algumas coisas lá pro final, como o fato de que não é Harry que vê Pedro Pettigrew no mapa e sim Lupin, e sai em seguida ao encontro dos meninos. E Snape só os segue porque estava indo a sala de Lupin levar sua poção, viu o mapa aberto e os seguiu.

Algo que eu adorei foi que no filme é Harry quem desarma Snape, mas no livro é Harry, Rony e Hermione, Snape foi completamente nocauteado pelos três! E no fim de toda a confusão que nós já conhecemos, já no trem de Hogwarts na volta pra casa, os garotos percebem uma corujinha pequena voando desesperada fora da janela com algo para eles. Ela parecia muito feliz de ter realizado a entrega. Era uma carta de Sirius a Harry e no final ele dera a tão sonhada autorização para Harry poder ir livremente a vila de Hogsmeade, e também a corujinha animada a Rony, já que tinha feito ele perder seu bicho de estimação. Chorei.
Quero escrever o Cálice de Fogo inteiro aqui, já que foram várias coisas diferentes que merecem ser contadas. Vou começar contando uma coisa que surge lá no fim: a pena da fênix que tem no conteúdo da varinha de Harry e Voldemort é de ninguém menos que Fawkes <3

A Hermione fica maluca tentando defender o direito trabalhista dos elfos domésticos, o Victor Krum é UM FOFO e convida Hermione pra passar o verão na Bulgária, Rita Skeeter é uma pessoa absolutamente insuportável e da vontade de matar ela, escuta todas as conversas porque consegue se transformar em besouro, um animago não registrado no Ministério e claro que é nossa Mione que descobre isso. Não sei porque excluíram a Winky do filme, o elfo doméstico do Sr. Crouch e importante na história, queria poder contar porque, mas o post se tornaria num capítulo de livro dos grandes. 

Tem uma coisa importante a se dizer sobre o motivo do Ministro da Magia não ter acreditado na volta de Lorde Voldemort. Além de sua grandessíssima covardia, é que quando soube que tinha um criminoso de Azkaban preso no castelo levou um dementador em sua companhia, para proteção pessoal, e assim que o dementador viu Barto Crouch Jr. lhe deu o beijo, o matando e destruindo qualquer testemunho sobre a volta do bruxo das trevas. Aparentemente o Ministro acreditara nas matérias caluniosas da Rita Skeeter sobre Harry, o levando a pensar que o garoto era louco, privando assim o mundo da magia da terrível verdade.

Ah, foi aqui que eu descobri que odeio o Amos Diggory. No filme eu chorava quando via ele chorando pelo filho, mas ele é muito chato, ficou passando na cara do Harry que o filho era melhor que ele, que tinha ganhado dele no quadribol, etc.

Até agora o Cálice de Fogo foi o mais diferente dos filmes e o mais esclarecedor pra mim, não consegui desgrudar os olhos das 535 páginas maravilhosas. 

Autora: J. K. Rowling
Editora: Rocco

14 comentários:

  1. Não importa com quantos anos você tem, o que importa é que você conheça esse universo maravilhoso que é Harry Potter (dos livros, é claro). Bem vida ao mundo bruxo *-* Amo Amo Amo Amo Amo Amo e não me canso de amar HP kkkk


    Ligeiramente Azeda

    ResponderExcluir
  2. Adoro Harry Potter e uma das coisas que mais me encantam nos livros são as variações de capas, tem uma mais linda que a outra e dá vontade de colecionar todas né? O Cálice de Fogo e a Câmara Secreta são as historias que eu mais gosto <3

    ResponderExcluir
  3. Como não se apaixonar pelas capas desses livros, sempre acompanhei o filme, mas ainda não li os livros, e fico cada vez mais com vontade de ler ❤

    ResponderExcluir
  4. Eu simplesmente amo HP ❤
    Acho que não tem como assistir/ler e não se apaixonar, ou até tem hauahus. Sempre indico para minhas amigas lerem os livros também, pq são maravilhosos e as variedades das capas encantam! Amei o post, com todo o meu coração ❤❤

    ResponderExcluir
  5. Só li dois livros e já sei como acaba kkkkkkk mas adorei tua resenha e me deu a força necessária para terminar de ler.

    blogdiversamente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. AMO DEMAIS OS LIVROS DO HP! Tanto os livros, quanto os filmes... O universo todo é encantador! Meus preferidos são o cálice de fogo e a câmara secreta. Amo amo!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu amo os filmes, já assisti várias e várias vezes. Mas nunca li os livros e não sei nem explicar o motivo. Sua resenha me deixou com muita vontade de lê-los! E realmente o fato de já existirem os filmes facilita muito nossa imaginação huehuehue os livros sempre tem algo a mais, por mais que o filme seja tudo de bom, o livro sempre é melhor.

    ResponderExcluir
  8. HP é um dos meus livros favoritos e mesmo tendo visto os filmes antes de ler, o amo com todo o coração. Não tem sequer um dia ou uma maratona que não fale de HP. Amei seu post. Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Amoooo, melhores livros e melhores filmes! Harry Potter melhor coisa!
    Adorei sua resenha, não me canso da história de nenhum deles!
    E advinhem quem está surtando com o lançamento de Harry Potter and the Cursed Child? yés, me o/
    Adorei seu post, ficou ótima sua resenha!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  10. Conheço muita gente que ama HP. Eu porem só assisti aos filmes. Mas nunca senti vontade de ler. Mas um dia prometo que lerei. Imagino que deve ser muito bom. Adorei o post. beijos!

    Blog Carpe Diem

    ResponderExcluir
  11. Eu não sou muito fã de Harry Potter, confesso. Mas tenho vontade de dar uma chance aos livros, pois me parecem ser bons, porém fico com o pé atras por não ter gostado tanto do filme, mas enfim, adorei a postagem, e a resenha maravilhosa.

    www.mundodefany.com.br

    ResponderExcluir
  12. Não li o post todo, só até o prisioneiro de Azkaban, estou lendo a série ainda e não queria estragar a surpresa HAHAHAHAHA
    Mas eu não havia lido até esse ano porque achava que seria ruim, mas muito pelo contrário me surpreendi. Eu estava lendo pelo kindle mas parei porque quero ler ele em livro físico. Então provavelmente devo voltar a ler só ano que vem, e ai pretendo ler e assistir aos filmes <3

    Beijos Isa

    ResponderExcluir
  13. Se você achou Cálice de Fogo o mais diferentão agora espera então até chegar em O Enigma do Príncipe. Você vai se perguntar se o filme está mesmo tratando da mesma história. haha
    Harry Potter é bom demais!!!


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale, já to lendo o último. O enigma do príncipe me destruiu muuuito haha

      Excluir

Adaptado por Isabelle Felicio

Tema Base por Butlariz