25 de julho de 2017

Filmes do Mês | Julho

Já virou tradição fazer um post de filmes do mês aqui no blog, listando e indicando todos os filmes que eu vi desde o último post até aqui. Aparentemente estou assistindo poucos filmes, até porque as leituras estão tomando muito do meu tempo, mas esse mês consegui recuperar um pouquinho daquele ritmo do começo do ano. 

Como sempre, já comecei o mês reassistindo alguns filmes (lê-se Senhor dos Anéis), por isso eles não entrarão na lista. Mas sim, vocês deviam assistir e amar comigo.

ATÉ O ÚLTIMO HOMEM (2017)
Desmond Doss é um homem religioso, que depois de um momento nada agradável em família prometeu que nunca mais iria tocar numa arma. O problema é que a guerra está intensa, e ele não se sente bem ficando para trás enquanto todos vão lutar por suas famílias. A questão é, como um cara vai para a guerra sem uma arma? Vocês já podem imaginar o quanto ele sofreu para provar que não estava louco. Ele queria ir para a guerra para ajudar, ser um médico, e não para matar, e por causa disso as pessoas desacreditaram dele e fizeram coisas piores.

Esse é um filme para se emocionar, principalmente porque é baseado em fatos reais. Nem preciso dizer que adorei o filme, que chorei muito, mais ainda quando as pessoas que viveram tudo aquilo começaram a falar. 

O ESPAÇO ENTRE NÓS (2017)
Como já dito na foto, Gardner nasceu em marte. Sua mãe fazia parte de uma equipe de astronautas que iam à Marte para ficar, mas a gravidez só foi descoberta quando ela já estava no espaço. Ele nasceu no planeta vermelho, e tem alguns problemas, por conta das condições de seu nascimento, que não o permitem ir para a terra. Mas isso é temporariamente resolvido, e ao chegar no nosso planeta ele resolve ir em busca do seu pai, que é completamente desconhecido a todos, tudo que ele tem é uma foto. Ele conta com a ajuda de Tulsa, a única amiga que tem no planeta, e juntos vão descobrir um sentimento novo.

Achei a fotografia do filme super linda, a premissa também é boa, interessante na verdade, foi o principal motivo do meu interesse pelo filme. Mas sendo sincera, achei que foi bem parado, longo até demais e enquanto assistia não via a hora dele acabar. 

TRUQUE DE MESTRE 2 (2016)
Não é segredo pra ninguém que eu amo Truque de Mestre, principalmente porque por mais que tudo realmente pareça magia, eles explicam os truques mostrando que são apenas truques, habilidade e agilidade dos personagens. Nesse filme o Daniel está cansado de se esconder, de esperar pelos comandos do Olho e quer muito tomar a dianteira da equipe. Ah, também temos uma personagem nova, Lula, que é bem doidinha. Saudades Henley. Enfim, em um momento que um show da errado, eles vão parar do outro lado do mundo e entram em uma missão sem o consentimento do Dylan, é aí que tudo dá errado. 

Sim, eu gostei do filme, gostei dos truques, sempre fico boba com as coisas que eles criam, com as habilidades deles, gostei da história, das revelações e de muita coisa que rolou, mas o primeiro continuou (no pódio do meu coração) como meu preferido.

BEAUTY AND THE BEAST (2017)
Posso começar dizendo que to muito orgulhosa de mim por ter assistido esse filme em inglês sem legendas? Ok, não entendi todas as falas cem porcento, mas entendi o bastante para acompanhar o filme, principalmente as cenas que não existem na animação.

Falando na animação, comparando na verdade, achei que o live action foi bem leal ao original, e me emocionou tanto quanto o desenho. Ainda fico em dúvida quanto a escolha da Emma pro papel, mas tudo bem, quem sou eu pra falar disso. Os objetos ficaram muito reais, foi mais que incrível ver tudo aquilo ganhando vida, sendo o mais real possível. 

A GRANDE MURALHA (2016)
Nessa história, a Muralha da China não foi criada apenas para defender o país do povo do norte, mas para protegê-los de uma coisa muito maior, antiga e bem fantasiosa. E no filme tem aquela história de que um homem pode ser a diferença (bem imperador da China mesmo, de Mulan pra quem não entendeu a referência). 

Eu amo filmes de luta, histórias de fantasia, e se tiver arco e flecha eu já me apaixono, e até gostei do filme, dos personagens (lê-se Comandante Lin Mae), mas foi tudo bem repetitivo. Basicamente o foco foi mostrar o crescimento pessoal do personagem principal ao se deparar com guerreiros que lutavam por apenas uma causa como uma família. E pra que serviu tudo isso que o meu shipp nem deu certo no final? Sou dessas mesmo.

PARA SEMPRE CINDERELA (1998)
Essa cena da foto foi com certeza minha cena favorita do filme inteiro, dei muita risada. Amo esses recontos de Cinderela, já assisti vários e a cada um eu me apaixono mais. E eu já tinha assistido esse filme em questão em algum momento da vida, mas só lembrei dele no final, então foi como se eu tivesse assistido pela primeira vez, o que é uma piada sem graça considerando um trabalho da atriz principal.

Não preciso dar um resumo dele, com certeza você já viu pelo menos um filme de Cinderela. Mas esse é muito interessante, porque a narradora conta a verdadeira história para os Irmãos Grimm, mostrando a eles que a Cinderela foi real. No filme contamos até com a ilustre presenta de Leonardo da Vinci, e até da Monalisa. Apenas assistam!

É isso, espero que gostem das indicações desse mês.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adaptado por Isabelle Felicio

Tema Base por Butlariz