1 de setembro de 2018

Lufa-Lufa é a melhor casa de Hogwarts

Talvez você esteja cansado de saber o quão leais, amigos e companheiros os lufanos são, mas eu me orgulho muito dessas qualidades e gostaria de ressaltá-las um pouco mais, e concluir com três motivos constatando que a Lufa-Lufa é a melhor casa de Hogwarts.
 SEM PRECONCEITOS 
Sempre existiu questionamentos acerca dos preconceitos da sociedade com as pessoas, sejam elas qualquer tipo de pessoa. Se não seguem o padrão não são boas. Hoje, mais do que em qualquer outra época, essas discussões estão mais fortes, e as pessoas tem mais voz. Mas o preconceito ainda existe em todo mundo, mesmo que a gente não perceba as vezes.

A lufa-lufa também sofre esse preconceito até hoje. Por sua fundadora ter aceitado "o resto", ou seja, os alunos que os outros fundadores não quiseram, a casa ficou com a fama de aceitar qualquer um. Mas o que ninguém percebe é: ela aceitou justamente essas pessoas "fora do padrão", que são tão boas quanto qualquer outra, mas ninguém percebe por conta do preconceito bobo. E isso me dá tanto orgulho que nem sei. Pra mim só isso já basta pra te fazer entender qual é a melhor casa de Hogwarts.
Helga foi aquela que não via nenhuma justificativa pra deixar alguém de fora só porque não era um gênio, extremamente corajosa ou altivo. Ela simplesmente aceitou pessoas, sem nenhuma regra em cima delas, só acreditando no seu potencial. E deu super certo. O resultado disso? Os Ministros da Magia mais bem sucedidos, o menor número de bruxos das trevas e praticamente fundamos Hogsmeade. Ok, não a Lufa-Lufa em si, mas a fundadora era lufana.
"Ensinarei a todos e os tratarei como iguais"
Tem como ser mais incrível que isso? No sentido do livro, ela não faz distinção entre filhos de trouxas ou de uma linhagem de feiticeiros, mas trazendo pra nossa vida, é o lar que não faz distinção de pele, sexualidade, gostos, religião. Essa casa é incrível!
 A MODÉSTIA É REAL 
Sabe a festa de natal da sua família? O famigerado momento em que as tias ficam importunando e elevando o seus filhos. É até aquele momento em que sua mãe diz que você gosta muito de ler, lê muitos e muitos livros (mas no resto do ano reclama que você só lê e não quer fazer outra coisa). É também o momento em que esfregam na sua cara o quanto seu primo é inteligente, está fazendo faculdade ou sei lá o quê. Não precisa ser nem na festa de natal, pode ser um colega seu que não para de falar de si mesmo. Aqui no Ceará nós chamamos essas pessoas de "amostradas".

Nas outras casas de Hogwarts isso é bem comum (pelo menos pelo que vejo nos livros e filmes), o ato de se amostrar, ou seja, de se gabar. Na Lufa-Lufa a gente não tem esse problema, o que é ótimo. Nós sonhamos tanto quanto qualquer outra pessoa, e quando a gente conquista o que quer não saímos gritando pro mundo ouvir, e nem tentamos fazer com que alguém se sinta mal com nossa conquista. Nós simplesmente contamos pra quem amamos, e isso é suficiente, porque nos importarmos mais com nossas relações. E claro, quem a gente ama vai celebrar nossa conquista e ficar feliz conosco. Não tem nada melhor do que ver alguém que você admira ficando feliz por você.
 SENTIR, PROTEGER E AMAR 
Não sei se isso é algo confirmado em qualquer lugar sobre essa história, mas eu acho que a maior qualidade de um lufano é sentirEu sinto que tudo é muito verdadeiro na Lufa-Lufa. Aqui nós fazemos amigos pra vida inteira, e nos escutamos mutuamente. E é bem verdade que as vezes nós nos doamos até demais para as pessoas que amamos (tiro isso por mim), mas somos ótimos ouvintes e bons conselheiros. A família, seja de sangue ou a que você escolhe, é a coisa mais importante do seu mundo. Talvez essa tenha sido a característica que me fez ter certeza de ser dessa casa (me dá até vontade de chorar).

Nós aceitamos sem julgar, cuidamos com amor e celebramos com muita felicidade. Eu tenho muito orgulho de ser da Lufa-Lufa.

Vocês podem ler aqui os textos dos Corvinais, Sonserinos e Grifinórios falando porque eles acham que a casa deles é a melhor, mas aqui entre nós é #HufflepuffPride 

5 comentários:

  1. Oi Isa! Feliz Blogday! te indiquei la no meu blog a tradição diz que nessa data blogueiros do mundo todo devem indicar outros blogs, de preferência que saiam da sua zona de conforto...

    ResponderExcluir
  2. Sabe aquele post que dá um quentinho no coração? Pois é, esse mesmo haha. Ficou um amor, Isa. A Lufa-Lufa é uma casa maravilhosa, e, infelizmente, uma das mais "esquecidas" de Hogwarts (e eu espero que isso mude cada vez mais com Animais Fantásticos, pois no trailer novo o Newt está na escola e com o uniforme da sua casa *-*).

    ResponderExcluir
  3. Antes de Animais Fantásticos, eu não conhecia muito sobre Lufa-Lufa e por vezes nem sabia ao certo o que falar dela. Mas depois de Newt Scamander, eu simplesmente me apaixonei por essa Casa. Amo a sensibilidade que as pessoas dessa casa tem. O modo como elas enxergam o mundo e como o coração delas é enorme. Até eu aceitar e aprender a amar Corvinal teve um tempo em que me vi querendo fazer parte de Lufa-Lufa, mesmo o Pottermore dizendo que não. Hahaha!
    Amei o seu post. Ficou tão lindo!

    ResponderExcluir
  4. Que post mais acolhedor meu Deus do céu nem sei o que falar, tenho uma encanto pela Lufa-Lufa mas sinto que eles exploraram muito pouco a casa o justo seria ter um personagem principal em cada casa e acabar com essa guerra hahaha amei o post moça. Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Eu costumo pensar que a Lufa-Lufa é a minha casa do coração. Lufanos são tão amorzinhos que eu nem sei descrever.
    Teve um vídeo do canal O Expresso de Hogwarts em que o Renie disse que, não importa de qual casa a gente seja, mas todos devemos reconhecer que a Lufa-Lufa é a melhor casa exatamente pelos valores que preza (palavras de um sonserino!).
    Tenho um carinho muito grande pela sua casa (sou da Corvinal, por sinal).
    Abraços ^-^

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo