9 de agosto de 2018

Pequenas grandes metas • dcp •

A Corte Vermelha, um grupo maravilhoso lá do facebook, criou uma blogagem coletiva chamada Dreamcatcher Project (DCP), e o tema desse mês é pequenas grandes metas para a vida.
Sinceramente, eu pensei muito em discorrer sobre algumas coisas que têm me enlouquecido um pouco. Coisas sobre razão, motivos, a vida, e que de certa forma tem haver com o assunto do tema. Conversei comigo mesma por bastante tempo, martelei no assunto ao ponto de não conseguir dormir bem e não cheguei a qualquer conclusão ou nada próximo disso. OK, já estou deixando a cabeça de vocês confusa, mas já me sinto melhor só em poder desabafar esse pouquinho de coisas desconexas. De qualquer forma, resolvi não falar sobre isso aqui, em parte para não pirar vocês, e porque realmente queria transformar esse post em algo alegre.

E aí eu fiquei pensando no que eu poderia escrever, que metas eu tenho que sejam melhores para mim ou para o mundo? Não me considero uma pessoa totalmente despreocupada com as coisas ao meu redor ou com o planeta, mas também não sou totalmente preocupada, e acho que isso não me torna alguém ruim. Mas hoje, exatamente hoje (01/08/2018), eu vi um vídeo que meio que me mudou um pouco.

Tomei leite a minha vida inteira. É meu café da manhã e da tarde de todos os dias desde sempre. E hoje eu vi um vídeo, sabendo que quando eu assistisse ia ouvir algo que ia me mudar, por isso sempre evitei o assunto. Vegetarianismo. Descobri que o leite brasileiro é o que mais contém sangue e pus, e que as vaquinhas só dão leite quando estão grávidas e que sofrem demais quando ele é retirado. Tomei meu leite da tarde morrendo de nojo.
Esse post ficaria enorme se eu for comentar sobre minha relação com os alimentos, basta saber que eu sou super fresca e não como de tudo, não como quase nada na verdade, então tenho muito medo de deixar de comer carne por motivos óbvios. O que eu estou tentando dizer é que, mesmo com esse medo, eu quero tentar algo novo. É por isso que minha primeira pequena grande meta é:

• provar um hambúrguer ou comida vegetariana em algum restaurante

To achando que falar isso parece algo muito bobo, mas ainda acho que é algo que tenho que fazer. Quem sabe pode ser um começo, ou um fim não sei. Como pouca carne no meu dia a dia, nada de verdura, legume ou fruta, então realmente não faço ideia de como começar. Não quero parar com tudo de uma vez. Acho que com isso só quero saber se é possível para alguém como eu, então vou tentar.


To deixando meu cabelo crescer a pouco mais de um ano, e a meta era fazer um cosplay da Arwen de Senhor dos Anéis, mas com o tempo a ideia foi perdendo a força. Mas o cabelo cresceu, e agora ele está um pouco maior que o tamanho de sempre. E do nada, juro, do nada me deu uma vontade de doar.

• doar meu cabelo
Eu sei o quanto o cabelo é importante pra autoestima, tanto que meu cabelo é minha parte preferida de mim. E sim, eu to com medo de cortar bem curto e não gostar de mim desse jeito. Mas ele vai crescer de novo, é isso que tem me deixado segura quanto a essa nova vontade. Outras meninas não tem mais a oportunidade de ter cabelo, e já que não consigo doar sangue e outras coisas que envolvem agulhas, posso ao menos doar essa parte de mim e esperar que ajude alguém.


Por fim, quero melhorar minha saúde. To ficando super cansada muito rápido, ao menor esforço. De verdade, minha avó tem um condicionamento físico melhor que o meu. Melhor do que qualquer um da família aliás. E já tentei fazer todo tipo de exercício em casa possível, baixei vários aplicativos diferentes, tentei focar de variadas maneiras, mas nenhuma me segura por mais de três dias. A única solução parece ser:
• comprar uma bola de vôlei e treinar sozinha

O auge do meu condicionamento físico foi em 2009, quando eu jogava no time de vôlei da escola. Até hoje é meu esporte preferido e minha brincadeira de rua preferida. Quando começava não queria mais parar, só saia da rua quando minha mãe "chamava". Não conheço ninguém na minha cidade para jogar comigo, ir pra outra cidade é totalmente inviável, então vou comprar uma bola, jogar comigo mesma, fazer meu sangue circular e me livrar do sedentarismo. 


Não sei ainda como vou fazer para atualizar vocês sobre o andamento dessas metas, mas quero completar as três antes do ano acabar. É isso. 

5 comentários:

  1. Que post lindinho! Amei que você tenha participado *-*

    Nos últimos tempos eu tenho bebido bem menos leite do que costumava, e já cogitei várias vezes me tornar vegetariana. Admiro muito quem leva esse estilo de vida. Já provei pratos vegetarianos e veganos (ter um pai cozinheiro dá nisso haha), e são ótimos. Boa sorte!

    Aaaah, cabelo é um negócio bem complicado pra mim. Você deve saber que passei pela transição, e hoje me sinto bem demais com meu cabelo, e quero que ele cresça MAIS pra poder fazer tranças haha. Sinto falta dele curtinho às vezes, mas tenho um pouco de medo de cortar. Mas um dia eu sei que vou acabar cortando. Seu gesto de doar é muito lindo!

    Bom, nem vou comentar quanto a exercícios, sou uma vergonha. Mas quero voltar a fazer academia :)

    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Não sei se eu conseguiria me torar vegana ou vegetariana, gosto muito de bacon para isso hahaha quanto a doa cabelo nem se eu quisesse já que o meu é curto e parece que nunca cresce, agora leite cara eu bebo demais leite e não conseguiria ficar sem, parece que se eu não tomar leite pelo menos uma vez por dia o negocio não funciona sabe. Mas adorei suas metas e espero que conquiste todas. Um beijo.

    Ventos de Maio

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAHHHH Nãããããooooo, um cabelo tão bonitinho desse! Mas, bem se é sua meta então te apoiamos com certeza! Mesmo que seja complicado para a maioria das mulheres se desfazer de seus fios, é difícil até pra mim também me desfazer dos meus! jkkjljkljkljkljkljklkj

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Lindas metas as suas. E desde já desejo sucesso com elas!
    Uma dica pra você conhecer alguma comida vegetariana: visite uma dessas feiras vegetarianas/veganas. Eles vendem porções pequenas, então é uma boa para começar <3
    Também quero doar meu cabelo e estou deixando ele crescer desde o ano passado pra poder fazer isso (pois havia cortado ele bem curto antes). Acho um gesto lindo e super importante, então força aí que você consegue!

    Beijinhos e ótima semana!
    Isabelle - https://livrosgatoscafe.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá Isabelle!
    Estou apaixonada por suas fotos e achei as suas pequenas grandes metas para vida extremamente criativas. Nenhuma delas tinha passado pela minha cabeça, mas na hora que li lembrei da minha vontade de provar comidas veganas e do fato de que eu poderia ter vendido o meu cabelo algumas vezes, visto que vivo cortando curto depois de um tempão deixando que ele cresça. Fico na torcida pra que você consiga cumprir todas as suas metas!
    Beijinhos,
    Déborah | Perdida em Ficções

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo